domingo, janeiro 24, 2010

Se...



Se eu pudesse
voltaria a ser criança, -
retornaria àquela liberdade,
àquela inocência e espontaneidade,
que me permitiam dizer
tudo que me vinha à vontade...

Ah, se eu pudesse me libertar
da prisão de certas metáforas
reticentes,...
sair finalmente da posição de sentido
e descansar desse silêncio que grita comigo.
Ah, se eu pudesse...

Se eu pudesse viver no mundo
que ainda menina me prometi...
Que bom! Seria menina, de novo!!
Resgataria minha ternura,
minha delicadeza,
aquele universo bonito
feito de tantas certezas...

Que saudade!...

O pensamento livre, transparente,
que fluía daquela criança;
a poesia,
agora desaparecida,
que, naqueles dias,
em mim,
era semente...

ju rigoni (Anos 70)

Amigo(a) Leitor(a),
Minha poesia está sob o olhar de Eliane F. C. Lima, do Literatura em Vida 2. Convido você a clicar num dos linques para conhecer o blogue. Obrigada! Bjs e inté!

14 comentários:

angela disse...

Lindo poema, rememorativo e um pouco melancólico, mas com a poesia nele.
beijos

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Ju
Infelizmente o tempo não volta, mas vamos por aí vivendo novas experiências e momentos que poderão também se tornarem inesquecíveis.
Beijos

Eliane F.C.Lima disse...

Ju,
A semente-poesia de criança desapareceu para dar lugar a uma frondosa árvore, tronco vigoroso, raízes fundas, galhos numerosos. E a gente se senta ao pé dela para descansar, para ter sombra e paz. E colher maduras poesias.
Eliane F.C.Lima

giramundo disse...

A poesia que já foi semente, hoje
floresceu e vem nos oferecendo belos frutos! E nós, que a temos desfrutado, te agradecemos por isso.

Bjs

Eliane F.C.Lima disse...

Ainda,
Vendo a semente-poesia como extensão de semente-pessoa. Será que a árvore tem saudade de sua semente?
Eliane F.C.Lima

A.S. disse...

Ju... VOA!!!

Todos temos asas, mas nem todos arriscam o prazer do voo...

Beijos
AL

Patrícia Lara disse...

Olá, Ju!

Maravilhoso o seu poema! (Como todos os que já li por aqui e nos seus outros blogues...)

Vc escreve lindamente e sabe muito bem como unir palavra e sentimento, dando significados únicos a eles. Parabéns!

Voltar a ser criança e sentir a leveza na alma, o coração disparar... ah! Como é bom imaginar tudo isso. Seu poema me emocionou!

Grande abraço,
Patrícia Lara

Eloah Borda disse...

Olá, minha amiga, estou voltando, ou pelo menos, tentando voltar, e vim agradecer tua visita e carinho.

Lindo poema! Voltar a ser criança... acho que é o sonho de quase todos nós... Mas, se voltássemos com as lembranças da vida adulta, não seríamos realmente crianças, e se essas lembranças desaparecessem, não daríamos o devido valor a esse período, e mais uma vez, estaríamos querendo crescer depressa e querendo ser "gente grande"!...

Beijos.
Eloah

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE:
FUNDO DE MIM


DESEANDOOS UNAS FIESTAS ENTRAÑABLES OS DESEO FELIZ AÑO NUEVO 2010 Y ESPERO OS AGRADE EL POST POETIZADO DE LA CONQUISTA DE AMERICA CRISOL Y EL DE CREPUSCULO.

José
ramón...

Lara Amaral disse...

Lindíssimo, Ju! Essa é a verdade sobre a nostalgia, pura e simplesmente.

Adoro seus escritos, eles me elevam.

Bom fim de semana, beijos!

Gian Fabra disse...

e descansar...
desse silêncio que grita comigo.
Ah, se eu pudesse
expressar tudo que sinto!...


como era bom ter tantas certezas
lindo poema
bjs

ju rigoni disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Érico Cordeiro disse...

E quem é que não queria voltar a ser criança, Ju?
Não ter preocupações, apenas brincar, correr (té bom, tá bom, estudar também).
Mas se eu voltasse, queria que fosse nas férias!
Um belo poema - parabéns!

ju rigoni disse...

Angela, Wanderley, Eliane, Giramundo, A.S., Patrícia, Eloah, José Ramon, Larinha, Gian, Érico,
muito obrigada pela visita e comentário.

Bjs e inté!