domingo, agosto 28, 2011

Decantação


Entre princípios
há meios...
Bouquets malditos!...

Inclua-se no tudo
o nada;...
movimento que é uma parada!

Tudo é o todo, -
suas partes,
e o hiato
que as une ou separa...

Tudo é heraclitamente
parmenidiano...

Inclusive a garrafa quase vazia
e o copo de vinho
que dançam
à minha frente...

Ou os amigos que riem,
riem, riem,...
tentando explicar o nada
diante do que acontece
nesta mente alcoolizada
em que tudo flui
porque permanece...

ju rigoni (2009)


Visite também

Dormentes, Medo de Avião, Navegando...

29 comentários:

manuela baptista disse...

tantas saudades do seu: inté!

Ju, trabalhe

e depois regresse

um beijo


manuela

Glorinha L de Lion disse...

Adoro ficar assim...entre o flutuar e o pensar...parece que clareia tudo...beijos,

Rogério Pereira disse...

Protesto
(Sempre um poeta
discorre
inverdades
sobre a forma de poema)
Fique sabendo
Tudo
até a mente alcoolizada
sabe que entre o que flui
e o que permanece
fica uma dor que estremece

os amigos que tanto riram assim
que lhe contem a ressaca tida, no fim

angela disse...

Uma mente alcoolizada percebe mais da vida porque pensa embaralhada.
beijos

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Ju
O alcool liberta a mente para suas loucas viagens.
Bjux

mfc disse...

Tchim...tchim...
E "inté"... Ju!

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

O "pilequinho" de vinho, é
dos melhores...ao menos, o
mais alegre...
A saudade é unânime,parece!
Beijinhos, ju
Inté!

epee disse...

Uma poesia para um poema que se mantém sóbrio pela qualidade do vinho. Divino!

¬

vitorchuvashortstories disse...

Olá, JU!

Mitologia grega, mais filosofia,tudo muito bem servido com um cálice de vinho, faz todo o sentido.
O vinho encoraja-nos a dizer a verdade - como bem diz o ditado - quando tomado em demasia, e quem por lá passou sabe que isso é verdade.

Gostei muito; parabéns.

beijinhos.
Vitor

Nadine Granad disse...

O importante é que seus EUS sempre vêm... de um jeito ou de outro!...

Não se preocupe em comentar... Saber lida por você em algum momento já é um prazer e poder lê-la é uma honra ;) (e vice-versa)


Beijos =)

Ives disse...

Olá, linda poesia, infinita.

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre serves a poesia em cálices de PORTO VELHO, sempre uma embriaguêz ler-te.
E não te preocupes com os comentários, gosto de te ver no meu cantinho mas os afazeres primeiro, eu virei sempre.

Beijinhos com carinho
Rosa

Filipe Campos Melo disse...

Gostei em especial do inicio do poema
,muito impressivo

"Entre princípios
há meios...
Bouquets malditos!...

(...)

Tudo é o todo, -
suas partes,
e o hiato
que as une ou separa... "

Bjo.

alineol disse...

Adoro a fluencia na sua escrita!!

Sonia Pallone disse...

Oi Ju...O tempo é curto demais pra tantas coisas que a gente quer fazer não é mesmo? Deixo aqui meu carinho e um brinde a poesia que sempre nos acompanha. Bjs.

Graça disse...

Ju,

apesar do tempo em que nos vemos, quero dizer que nunca a esqueci, amiga!
Acho que todos estamos meio que assim como você...a coisa tá difícil mesmo.
Decantar e Encantar - eis o que você soube fazer muito bem!
Beijo e inté: inté lá, inté mais ver, inté quarqué dia...rs...amiga linda!

Sonhadora disse...

Minha querida

Hoje passando para oferecer o meu selinho de 2 anos de blogue, feito com o carinho das vossas palavras.

Beijinhos
Rosa

Graça Pereira disse...

Diferente mas sempre bonito...até diante de uma garrafa vazia!!
Já estou como a Manuela: tenho saudades do teu , inté!!!
Mil beijos.
Graça

Silenciosamente ouvindo... disse...

Desejo esteja bem.Volte.Bj

Mariazita disse...

Querida Ju
A embriaguez é provocado por suas palavras - leves , esvoaçantes, envolventes como um bom cálice de vinho.

Não se preocupe com a sua ausência nos blogs - os amigos verdadeiros entendem e continuarão fieis.
Quando puder voltar será muito bem recebida, tenho certeza.

Uma boa semana. Beijinhos

Silenciosamente ouvindo... disse...

Passei de novo.Bj

Ana Martins disse...

Gostei desta actualização Ju! Não conhecia anda este fabuloso poema.

Beijinho,
Ana Martins

Bolo Doce Bolo disse...

Olá, parabéns pelo lindo blog, já estou seguindo e aproveito para convidá-la à participar do meu blog. Me add tb no facebook, estou como Bolo Doce Bolo Buffet.Bjs e sucesso!!!

Tais Luso disse...

Pois é, tudo lindo amiga... E o inté? Saudades.
bjs

Maria Emilia Xavier disse...

Amiga, deixo aqui meu abraço pelo Vinte de Outubro, o teu dia, POETIZA MAIÚSCULA.Beijo JU e INTÉ!

Mariazita disse...

Querida Ju
Vejo que continua ocupada...
É pena que ainda não possa aparecer, mas continuarei a aguardar o seu regresso, sem a esquecer :)

Que tudo corra o melhor possível.
Beijinhos

Nadine Granad disse...

Vim deixar meus votos de que tudo esteja/ocorra bem...

Faz falta ;)

Beijos =)

difusosreflexos disse...

Quando decantada o vinho deve ser bebido...
e se os bouquets e o mesmo tiver boa saia e corpo ainda melhor, bebê-lo é um deslumbramento.
Se ainda provoca em si esta vontade de fazer maravilhosa poesia ... então a fusão é perfeita.

Bom fim de semana

Beijinho

ju rigoni disse...

À Manuela, Glorinha, Rogério, Angela, Wanderley, mfc, Lúcia, epee, Vítor, Nadine, Ives, Rosa, Filipe, Aline, Sonia, Graça, Graça Pereira, Irene, Mariazita, Ana, "Bolo Doce Bolo", Taís, Maria Emília, "difusosreflexos"...

obrigada pela visita e comentário.

Bjs e inté!