domingo, março 28, 2010

Asas no Chão


Os anos passam
e cresce a certeza:
tudo é sentimento.

A vida está quase sempre
ao alcance…
Mas os versos do dia-a-dia
são tomados de assalto
por palavras estranhas…
Sem qualquer poesia.

Os anos passam
e cresce a consciência:
tudo é dependência.

Significados conhecidos
fogem do apelo da palavra
como da cabeça o cabelo.
Às vezes o não é sim…
De outras vezes o sim é não…

A gente nasce leão
e morre tão passarinho…

ju rigoni (2001)

Visite também
Dormentes, Medo de Avião, Navegando...

18 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

A medida que o tempo vai passando a gente cresce, aprende, arrisca e vai vendo que a cada dia a mais, é menos um dia de vida.
Beijos

Graça Pereira disse...

As asas servem para voar mas...ás vezes os sentimentos quebram-nas e ficamos desiludidas no chão... até ao momento de reunir os cacos e... começar de novo.
Poema muito bonito e sentido.
Beijo
Graça

Lara Amaral disse...

Sim... tbm me parece...

Lindo, Ju, bom demais de ler.

Beijo!

Nadine Granad disse...

Que delícia lê-la!...
=)

"Enquanto todos passarão, eu passarinho!" - Quintana

Sentimento, poesia, dependência, passarinho... Nessa ordem! Belo!... Voemos!...

Abraços!

Luciana P. disse...

É verdade, a gente nasce e cresce com força total e depois, ao nos vermos mais velhos, percebemos que essa força não é tão grande assim, ainda que as asas possasm nos levar mais longe. Muito lindo o seu post. A imagem é fantástica!

A.S. disse...

Ju... Belo o teu poema. Quanta verdade, quanta emoção em cada verso!


BeijO
AL

Graça Pereira disse...

Passei para te desejar uma santa Páscoa. Um beijo
Graça

Sonia Schmorantz disse...

Páscoa...
É ser capaz de mudar, 
É partilhar a vida na esperança, 
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento.
É ajudar mais gente a ser gente, 
É viver em constante libertação, 
É crer na vida que vence a morte.
É dizer sim ao amor e à vida, 
É investir na fraternidade, 
É lutar por um mundo melhor, 
É vivenciar a solidariedade.
É renascimento, é recomeço, 
É uma nova chance para melhorarmos 
as coisas que não gostamos em nós, 
Para sermos mais felizes por conhecermos 
a nós mesmos mais um pouquinho. 
É vermos que hoje...
somos melhores do que fomos ontem.
Feliz Páscoa!
Um abraço

Gisela Rosa disse...

É linda a sua escrita! Gosto Muito JU!

Obrigada por suas palavras. Voltarei cá!!

beijos

Pedro Luso disse...

Ju,

Também em versos se trata da filosofia. Parabéns.

Feliz Páscoa.
Pedro.

Tais Luso disse...

Oi, Ju:

Nascemos com a expectativa (de nossos pais) de trilharmos um caminho sem espinhos. Todos almejam para nós uma estrada cor-de-rosa... Com o tempo, e não leva muito, as cores vão mudando e ficando mais nítidas, mas mais escuras, não tão alegres. E passando mais um pouco, conforme nossas andanças, tudo pode virar um borrão só. Aí dependerá de nós, em reverter, pelo menos, as cores principais.

Beleza de poema.
Beijão, amiga.
Tais luso

Stella Tavares disse...

Querida Ju

Quanta beleza quando você diz que a gente nasce leão e morre tão passarinh... Ai, como são lindo os seus poemas.
Bjs

Daniela Figueiredo disse...

Ju, morrer passarinho tem suas vantagens: ficamos mais moldados com as experiências que passamos, o que nos traz a tal sabedoria que só o tempo nos dá, assim ficamos fortes para voar mais alto, sem medo de cair no primeiro voo.
Também sou chocólatra, mas ao contrário de ti, estou comendo a minha páscoa desde a semana passada (ansiedade?), hehehe. Eu te desejo uma feliz páscoa, e te retribuo os ovinhos virtuais com outros, recheados, crocantes, deliciosos e, também, sem colesterol! hahaha.
Beijos e curta o que vier de bom amanhã!

intervalo disse...

Ju,passei para matar saudades de você e suas poesias.Desejo que tenha um lindo fim de semana.Feliz Páscoa,feliz seja todos os seus dias,com poesia.Beijoss com carinho.Lia...

Eloah Borda disse...

Obrigada, querida, e uma feliz Páscoa para ti e familiares.
Assim que possível volarei a interagir.
Abraço grande.
Té mais.
Bjs.
Eloah

Lau Milesi disse...

Nascemos leão, matamos a cada dia um nessa vida , mesmo com toda fragilidade de um passarinho, não é Ju??

Lindo poema, Ju! Muito lindo!!

Beijos e uma linda Páscoa!!! Inté...

Sylvia Araujo disse...

Lindo, Ju! Texto cheio de sentimentos e constatações extremamente reais. A transformação humana de leão em passarinho é poética. Amarga ou doce, não importa. Ela é lindamente poética.

Adorei seu canto

ju rigoni disse...

À Wanderley, Graça, Lara, Nadine,Luciana, A.S., Sonia, Gisela, Pedro, Taís, Stella, Dani, Lia, Eloah, Lau, Sylvia, meu muito obrigada pela visita e comentários.

Bjs, e inté!